Grupo NPO

Grupo NPO

Notícias » Região abrirá 12 mil vagas temporárias para o Natal

Inserida em: 07/10/2011

Região abrirá 12 mil vagas temporárias para o Natal

Quem está desempregado pode preparar o currículo: a partir deste mês, o comércio da região vai abrir 12 mil vagas temporárias para o Natal. A estimativa supera em 20% a marca obtida no último trimestre de 2010, quando o setor empregou dez mil pessoas. O motivo é a alta na demanda impulsionada, principalmente, pelos investimentos no pré-sal. "A chegada das pessoas que atuam nesse ramo vai alavancar as vendas. Com isso, o mercado regional, certamente, precisará de mais mão de obra", analisa Fernando Martins da Fonseca, vice-presidente do Sindicato do Comércio Varejista da Baixada Santista. A expectativa faz a Baixada Santista superar a média nacional prevista. "Em todo o País, a alta nas vendas do Natal de 2011 deve chegar a 5%. Aqui, a previsão é de 5% a 7% por causa da posição privilegiada que nossa região ocupa atualmente".
 

PRESENTES
Os shoppings, centros comerciais e lojas de varejo devem concentrar o maior número das vagas. Nesse setor, os postos começam a ser preenchidos em novembro. Portanto, os interessados devem se apressar. "A seleção dos candidatos acontece no final de outubro", explica Paula Moscatiello, gerente da Stiletto Calçados do Shopping Praiamar, na Aparecida, em Santos. A loja deve contratar de cinco a oito vendedores. O setor estima que os shoppings da região devem abrir 2,3 mil postos de trabalhos no período natalino. Só no Parque Balneário, no Gonzaga, 180 pessoas já foram contratadas. As principais funções abrangem o comércio de presentes: balconistas, vendedores, empacotadores, fiscais de loja, caixas, repositores e estoquistas.
 

OPORTUNIDADES
A chegada do Natal também movimenta os supermercados da Baixada Santista. "O último Natal gerou cerca de mil vagas temporárias nas principais redes do setor. A previsão é que neste final de ano esse índice seja superado", afirma Andréa Marques, diretora do Espaço Santista Recursos Humanos. Ela explica que os candidatos devem enviar os currículos já no próximo mês. "O maior fluxo de contratações nos supermercados da região acontece no final de novembro e início de dezembro, para operador de caixa, promotor de vendas e repositor". As oportunidades de emprego também abrangem a área portuária. "Devido ao aumento na movimentação de cargas, surgem vagas para operadores de empilhadeira, motoristas de carretas e também no setor administrativo das empresas portuárias", adianta Roberta Capurso, supervisora de recrutamento da empresa NPO Recursos Humanos. Outro segmento que absorve mão de obra temporária no fim do ano é a rede hoteleira. "Os bares e hotéis também abrem vagas para atender os turistas”, explica Fonseca. O vice-presidente do Sindicato do Comércio Varejista da região destaca a chance de continuidade no posto. "O retrospecto aponta que pelo menos 20% dos trabalhadores temporários são contratados em definitivo pelas lojas", incentiva Fonseca.

 

Fonte: A Tribuna - Caderno: Baixada Santista -pág A-3

Lista completa de Notícias do Grupo NPO: